Um golo na própria baliza do suplente Can Bozdogan, aos 31 minutos, abriu caminho ao triunfo do Leipzig, frente ao Schalke 04, que alinhou de início com o português Gonçalo Paciência.

Ainda na primeira parte, o espanhol Angeliño, aos 35, e o húngaro Wili Orban, aos 45+2, ampliou a vantagem para o Leipzig, que viria a selar a goleada por Halstenberg, aos 80, na conversão de uma grande penalidade, frente ao Schalke 04, que ainda não pontuou.

Com este triunfo, o Leipzig soma os mesmos sete pontos do Eintracht Frankfurt, de André Silva, que hoje venceu por 2-1 na receção ao Hoffenheim. As duas equipas podem ser ultrapassadas pelo Augsburgo, que soma duas vitórias nos dois primeiros jogos e no domingo visita o Wolfsburgo.

O Eintracht foi a primeira equipa a ‘roubar’ pontos na presente edição da Bundesliga ao Hoffenheim, que até começou a vencer com um golo de Andrej Kramaric, mas permitiu a reviravolta, com tentos de Daichi Camada, aos 55, e do ex-sportinguista Bas Dost, aos 71, após assistência de André Silva, que foi titular no conjunto de Adi Hütter.

Com o defesa português Raphael Guerreiro a titular, o Borussia Dortmund recebeu e venceu o Friburgo por 3-0, com golos de Erling Haaland (31 e 66 minutos) e Emre Can (47), e igualou Augsburgo, Hoffenheim e Werder Bremen no segundo lugar.

O Borussia Mönchengladbach venceu por 3-1 na visita ao Colónia, que continua sem pontuar na prova.

O Werder Bremen venceu o Arminia Bielefeld por 1-0 com um golo de Leonardo Bittencourt, aos 27, pouco depois de ter visto um golo ser anulado pelo videoárbitro, aos 21, enquanto Estugarda e Bayer Leverkusen empataram 1-1.

No domingo, o Bayern Munique, 12.º com três pontos, recebe o Hertha Berlim, que segue em 13.º, com os mesmos pontos do octocampeão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.