O médio turco Nuri Sahin trocou hoje o Borussia Dortmund pelo Werder Bremen, ambos da Liga alemã de futebol, sem que fosse anunciada a duração do contrato do jogador.

Aos 29 anos, o médio defensivo que tem tido uma carreira marcada pelas lesões, parte agora para uma nova experiência, sob o comando do treinador Florian Kohfeldt, que elogiou o jogador, afirmando que este tem “o potencial para melhorar a equipa e dar mais opções”.

Na hora de despedida, o Borussia Dortmund garantiu a Nuri Sahin ter “sempre a porta aberta” para um regresso, com o presidente, Hans-Joachim Watzke, a acreditar que “a vida de Sahin continuará em Dortmund” e espera que ele regresse ao clube “depois de terminar a carreira, em qualquer capacidade”.

Sahin, formado no Borussia, detém o recorde do mais jovem de sempre a atuar na Bundesliga, na altura com 16 anos e 355 dias e o mais novo a marcar na competição, assim como o mais novo a vestir a camisola e a marcar pela seleção da Turquia, precisamente num jogo frente à Alemanha.

Vencedor da Liga germânica em 2011, mudou-se para o Real Madrid no ano seguinte, tendo conquistado o campeonato espanhol, mas foi severamente afetado por lesões, sendo emprestado ao Liverpool e acabando por regressar a Dortmund, em 2013, com o qual venceu a Taça da Alemanha, em 2017.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.