Na tradicional votação da revista semanal participaram 925 jornalistas de desporto e o extremo Arjen Robben obteve 445 votos.

A grande distância ficaram dois médios internacionais alemães, Bastian Schweinsteiger, com 180 votos, e a jovem revelação Thomas Muller, com 118, ambos igualmente jogadores do Bayern de Munique.

Como treinador do ano foi pela primeira vez escolhido um estrangeiro, o também holandês Louis van Gaal, igualmente do Bayern de Munique, que conseguiu para o clube os títulos da Liga, Taça da Alemanha e Supertaça alemã, além de ter sido finalista vencido da Liga dos Campeões.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.