Dénis Martins defende que o futebol de Santo Antão está em alta há, pelo menos, cinco anos. O capitão da Académica do Porto Novo afirmou, em entrevista telefónica ao SAPO Desporto, que na final do Nacional de futebol vão estar as duas melhores equipas da prova.

«Estamos mais experientes»

«A final será entre as equipas que mais trabalharam e mais mereceram chegar à esta fase do campeonato. Espero que sejam dois bons jogos que agradam a todos os que estiverem a assistir», desejou.

Depois de três eliminações seguidas nas meias-finais da prova rainha do futebol cabo-verdiano os "estudantes" da cidade do Porto Novo conseguem finalmente chegar a tão desejada final. Para trás ficou o Desportivo da Praia, uma equipa muito forte, com muita qualidade mas que foi ultrapassada pela experiência da Micá.

«Depois de três anos, evoluímos muito, jogo a jogo, com muita humildade. Ganhamos experiência nos três anos e pusemos isso em prática no Nacional esta época, o que nos permitiu chegar à final. Frente ao Desportivo, colocamos a nossa experiência em campo. Eles têm muita qualidade mas encaramos o jogo com muita humildade e respeito. Colocamos em campo a nossa vontade e ambição de vencer e conseguimos os nossos objetivos», afirmou

«Futebol de Santo Antão tem vindo a evoluir»

Dénis refuta a ideia de que a sua equipa joga melhor fora que em casa. «As pessoas acreditam que jogamos melhor fora por causa dos resultados mas temos estado tanto fora como em casa. Com o apoio de todos os santantonenses, sentimos mais confortáveis a jogar em casa, já estamos mais a vontade, mais fortes junto dos nossos adeptos. É a responsabilidade que levamos para os jogos fora que nos faz ter bons resultados», explica.

Ao cabo de três meias-finais perdidas, a Académica chega finalmente à final do Nacional. A seleção da ilha mais a norte de Cabo Verde foi finalista vencido nas últimas três edições do Torneio Inter-ilhas. Dados mais que suficientes para Dénis afirmar que o futebol da ilha das montanhas está em alta.

«O futebol de Santo Antão tem vindo a evoluir. Há alguns anos o Sporting do Porto Novo esteve nas meias-finais, o Marítimo também, esteve perto de chegar às meias-finais mas faltou-lhe experiência. Há cinco anos que o futebol de Santo Antão está em alta», sublinhou o médio direito da Micá.

A habitual presença da Académica nas fases decisivas da prova rainha do futebol cabo-verdiano não é fruto do acaso. Dénis explica a base do sucesso

«Todos os anos renovamos a nossa equipa mas continuamos com uma base de jogadores. Entram e saem jogadores importantes, o que mostra que o futebol de Santo Antão tem vários atletas de qualidade. Fora da Académica há vários jogadores bons, que não estão no Nacional mas que mostram o seu potencial no Regional e que podem conseguir o que conseguimos. Infelizmente só uma equipa pode ir para o Nacional», disse

«Respeitamos todos os adversários da mesma forma»

Dénis defende que a equipa não tem medo do Mindelense, uma equipa forte, que merece o respeito da Micá. «Entramos em campo para ganhar, independentemente do adversário. Já jogamos contra o Sporting, no ano passado jogamos contra o Mindelense, ou seja, temos jogado sempre com os campeões e temos tido bons resultados. A nossa ambição é ganhar, não importa contra quem seja».

Académica do Porto Novo e Mindelense são os finalistas do Campeonato de Cabo Verde. A final será disputada a duas mãos. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.