O treinador do Sporting da Brava, Emanuel Pina “ Loco”, afirmou hoje que durante os treinos desta semana vão recuperar alguns jogadores que estão com “alguns problemas físicos”, para que possam participar na terceira jornada do campeonato cabo-verdiano.

A formação da Brava,  que participa pela primeira vez no nacional e com uma equipa constituída maioritariamente por jovens estudantes,  enfrenta no sábado, 19, a equipa do Sporting da Praia, no Estádio da Várzea.

Em declarações à Inforpress, Loco disse que estão a recuperar alguns jogadores com problemas físicos e que vão enfrentar o Sporting "com respeito".

“Não é fácil lidar com a camada jovem, pois tem sido um trabalho enorme. O Sporting é uma equipa bastante difícil, porque é uma equipa que é candidato sempre ao título nacional, mas vamos enfrentá-lo com respeito e vontade de querer fazer alguma coisa nesta partida”, afirmou.

Com dois jogos realizados e dois empates, e praticamente há duas semanas instalada na  Praia, a equipa do Sporting da Brava reconhece que o jogo com os leões em casa “não será fácil”.

Enfrentando problemas financeiros,  Loco sublinhou que as equipas da Brava sempre partem para este tipo de competição com mais dificuldades do que as equipas de outras regiões.

“Somos uma ilha com pouco apoio, então não é fácil estar a participar no campeonato”, assegurou.

Para o treinador, os dirigentes do Sporting de Brava estão a fazer um “enorme trabalho” e que vão continuar a fazer este “esforço enorme” para participarem no nacional, jogar jogo a jogo e representar a ilha da Brava com dignidade.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.