O Salgueiros emitiu um comunicado em que se insurge contra as arbitragens, aludindo ao jogo de hoje com o Pedras Rubras, para o Campeonato de Portugal de futebol, acusando ainda um militar da GNR de agredir um jogador.

“Além da vergonha do relvado, assistimos ainda a mais uma vergonha no acesso aos balneários, tendo o nosso atleta Wie Camará sido agredido à bastonada pelo elemento da GNR responsável pela segurança do encontro”, refere o comunicado do clube portuense.

De acordo com a nota publicada na página do Facebook do clube e distribuída aos órgãos de comunicação social, “o Salgueiros irá entregar este caso ao seu departamento jurídico de forma que seja apresentado uma queixa contra o militar em questão”.

“Sabemos que não há câmaras, que não há diretos nas televisões, mas as autoridades competentes não podem compactuar com este tipo de atitudes e excessos de força, de quem lá deveria estar para serenar e proteger”, sustentam.

O clube refere que o sucedido frente ao Pedras Rubras é o “culminar de uma série de arbitragens com o claro intuito de afastar o clube da possibilidade de iniciar a época 2016/17 como Sport Comércio e Salgueiros nas Ligas profissionais”.

Pedras Rubras e Salgueiros empataram a 2-2 em jogo da 17.ª jornada da Série C do Campeonato de Portugal, que terminou com os ânimos exaltados dada a marcação de uma grande penalidade a favor da equipa da casa no quinto minuto dos descontos.

“Não fugimos dos nossos erros e responsabilidades, mas quem assistiu ao desafio de hoje percebeu claramente que a equipa de arbitragem quis retirar o Salgueiros da luta. Pedimos aos responsáveis pelo setor da arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol atenção para os campeonatos não profissionais e igualdade de tratamento entre todos os clubes”, referem.

A terminar, o Salgueiros agradece o apoio transmitido pelos seus adeptos à equipa, que, “apesar de todas as contrariedades dentro e fora do campo, voltou a dignificar a camisola”.

“O sentimento de indignação é geral e temos perfeita consciência das vicissitudes a que estamos sujeitos, no entanto, avisamos que nada nos fará esmorecer nem desistir de levar este clube até ao lugar que merece”, acrescenta a nota.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.