O Japão, detentor do título de campeão mundial de futebol feminino, manteve-se na corrida à revalidação do troféu depois de vencer na terça-feira a Holanda, por 2-1, no último jogo dos oitavos de final da competição, que decorre no Canadá.

No BCP Place Stadium de Vancouver, o Japão passou para a frente do marcador logo aos 10 minutos, graças ao golo ‘madrugador’ de Saori Ariyoshi, que se estreou a marcar pela seleção nipónica.

Depois de chegar ao intervalo com a vantagem mínima, o Japão só chegou ao segundo golo na fase final do encontro, a 12 minutos do fim, com um remate de fora da área de Mizuho Sakaguchi, sem hipóteses para a guarda-redes Loes Geurts.

O melhor que as holandesas conseguiram foi reduzir para 2-1 já em período de compensações, no segundo minuto de descontos, depois de um cabeceamento de Kirsten Van de Ven, num lance com culpas para a guarda-redes Ayumi Kaihori.

A guardiã nipónica acabou por redimir-se da saída em falso no golo holandês nos instantes finais do jogo, quando evitou o golo do empate com uma saída ‘arrojada’ depois de um rápido contra-ataque.

Nos quartos de final, o Japão defrontará no sábado, no Commonwealth Stadium de Edmonton, a Austrália, uma das maiores sensações deste Mundial e que eliminou nos oitavos de final o Brasil, por 1-0.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.