"Falámos com os responsáveis do Boavista e, dentro da medida do possível, até porque este problema não é de agora, está tudo resolvido", adiantou Jorge Silva, minimizando a ausência do treino de quinta-feira.

Ainda de acordo com o jogador, os dois meses de atraso no pagamento dos subsídios são uma realidade, mas não tão alarmante como chegou a ser no passado, salvaguardando a diferente realidade actual do clube.

"Não houve greve, apenas uma conversa sobre os assuntos e os problemas pendentes e hoje já regressamos ao trabalho, dentro da normalidade, depois de termos chegado a um entendimento", adiantou.

O histórico Boavista, campeão nacional de futebol em 2000/01, mergulhou numa grave crise desportiva e financeira que o atirou para a II Divisão Zona Norte, em 2009/10, onde ocupa o 13.º lugar, com 18 pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.