Depois de uma má entrada de Sp. Espinho e Boavista no encontro, a vantagem da equipa da casa começou a ser construída com o golo de Horácio, aos 42 minutos. O Sp. Espinho manteve algum ascendente no reatamento, mas Nuno Amorim foi expulso aos 58 minutos, condicionando a estratégia da equipa. Logo de seguida, o árbitro assinalou uma grande penalidade a favor do Boavista, convertida com sucesso por Cadinha (58').

A desvantagem numérica não perturbou os comandados de Pedro Martins, cujo esforço foi premiado rapidamente com o golo de Joel, apenas três minutos depois da igualdade.

Com este resultado, o Sp. Espinho aproximou-se dos lugares cimeiros e está agora na quarta posição, com 12 pontos, menos seis do que o líder Moreirense.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.