Os insultos racistas dirigidos a Moussa Marega, com o avançado maliano do FC Porto a pedir mesmo para ser substituído, abandonando o relvado, trouxe para a ordem do dia o racismo no futebol português, dado o mediatismo do encontro em que tal sucedeu. Porém, está longe de ser caso virgem.

Cerca de duas semanas antes, num jogo do Campeonato de Portugal, a contar para a 20.ª jornada da Série B, Sheriff Mohammed, avançado ganês do Arouca viu-se vítima de uma situação semelhante num encontro frente ao Lourosa. O jornal 'O Jogo' conta na sua edição desta quinta-feira que tudo se passou quando o atleta precisou de receber assistência médica fora das quatro linhas e, quando reentrou, foram-lhe dirigidos sons a imitar macacos vindos das bancadas.

Perante o sucedido, o Arouca apresentou queixa junto do Conselho de Disciplina da FPF, acompanhadas de imagens de vídeo do momento dos insultos. A FPF abriu um processo disciplinar, o qual se encontra neste momento em fase de inquérito.

Segundo acrescenta 'O Jogo', a intenção do conjunto arouquense ao apresentar queixa passa por dar o exemplo e mostrar que não se revê com este tipo de comportamentos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.