Os jogadores da Seleção Angola de Futebol mostraram-se, nesta quinta-feira, em Luanda, confiantes em atingir os lugares cimeiros do Campeonato Africano das Nações (CAN/2019), a realizar-se de 21 de Junho a 19 de Julho próximo, no Egipto, tendo como meta inicial os quartos-de-final da competição.

Em declarações à imprensa, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, momentos antes de embarcarem para Lisboa, para um estágio pré-competitivo de 20 dias, Dani Massunguna, jogador do 1.º de Agosto, disse que o grupo parte confiante e determinado, com o espírito de união e de missão.

"O espírito de união, confiança, coragem e determinação é a tónica do conjunto, para obter a melhor classificação de sempre num CAN", disse o defesa-central, prometendo dar o seu máximo para ajudar os Palancas Negras a superarem os quartos-de-final, conseguidos no Gana/2008 e Angola/2010.
“A moral do grupo é bastante alta e vamos procurar, acima de tudo, honrar a Pátria, com uma participação digna e exemplar, com o objectivo primário de passar à fase seguinte e, depois, lutar pelo difícil quartos-de final, tendo em vista o alargamento do número de selecções para 24", expressou.

Por sua vez, o médio-defensivo Herenilson (Petro Atlético de Luanda) sublinhou que a equipa está optimista quanto a uma boa participação no CAN/2019, pois o colectivo que mereceu a confiança do treinador tudo fará para honrar o futebol angolano.

Na mesma perspectiva, o guarda-redes titular do conjunto angolano, Tony Cabaça, salientou que os Palancas Negras estão a atravessar um bom momento, pelo que vão procurar jogar de forma destemida com todos os adversários.

“Tudo farei para dar o meu contributo em prol da nossa selecção e, nesta altura, peço a toda a nação uma corrente solidária que nos ajude a atingir os lugares cimeiros", prometeu.

Já o avançado Chico (Bravos do Maquis), segundo melhor marcador do recém-terminado Girabola, visivelmente emocionado pela confiança a si depositada pelo treinador nacional, Srdjan Vasiljevic, refere que Angola tem as mesmas hipóteses que os seus opositores directos.

Angola já participou nos CAN de 1996 (África do Sul), 1998 (Burkina Faso), 2006 (Egipto), 2008 (Ghana), 2010 (Angola), 2012 (Gabão e Guiné Equatorial), 2013 (África do Sul). Falhou as últimas duas edições: 2015 (Guiné-Equatorial) e 2017 (Gabão).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.