O avançado Vagner Dias foi chamado pelo selecionador de Cabo Verde para substituir o lesionado Djaniny nos convocados da seleção para a 33.ª edição da Taça das Nações Africanas (CAN2021), que começa no domingo, nos Camarões.

A Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) informou em comunicado que a alteração na lista é permitida a todas as seleções quando um jogador tem uma lesão que impeça a sua participação na CAN, até 24 horas antes do seu primeiro jogo.

“Perante o relatório médico, o Comité Médico da CAF (Confederação Africana de Futebol) avalia e decide se o pedido de substituição é aceite ou não”, referiu a FCF, indicando que o selecionador Pedro Brito ‘Bubista’ chamou o avançado do Sion, que chega a Yaoundé no sábado para se juntar ao grupo.

Os ‘Tubarões Azuis’, nome pelo qual é conhecida a seleção de Cabo Verde, estão no Grupo A, no qual terão como adversários a Etiópia, já no domingo, o Burkina Faso e os anfitriões dos Camarões, treinados pelo português António Conceição.

Esta que é a terceira vez que Cabo Verde participa numa fase final da CAN, depois de 2013, na África do Sul, em que foi eliminado pelo Gana nos quartos-de-final, e de 2015, na Guiné Equatorial, onde ficou pela fase de grupos.

A 33.ª edição da Taça das Nações Africanas de futebol vai ser disputada entre domingo e 06 de fevereiro de 2022, nos Camarões.

A competição devia ter-se realizado em 2021, mas foi adiada para 2022 devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.