O Fulham, do técnico português Marco Silva, empatou hoje na receção ao Blackpool (1-1), mas manteve a vantagem na liderança da segunda divisão inglesa de futebol, num encontro da 29.ª jornada marcado por longa interrupção.

Em Londres, durante a primeira parte e já depois do avançado sérvio Mitrovic ter dado vantagem ao Fulham, o encontro esteve parado durante cerca de 40 minutos devido a uma emergência médica nas bancadas do Craven Cottage, com ambas as equipas a regressarem mesmo aos balneários.

Perante o Blackpool, formação que já tinha vencido os londrinos na primeira volta do ‘Championship’ (1-0), a equipa de Marco Silva falhou o quinto triunfo seguido na prova, mas continua na frente com uma ‘almofada’ de quatro pontos, e menos dois jogos disputados, sobre o Blackburn, segundo classificado, que empatou a zero no campo do Luton.

Logo aos seis minutos, com assistência do luso inglês Fábio Carvalho, Mitrovic colocou o Fulham na frente no marcador, mas, pouco depois, aos 12, o árbitro mandou todos para o balneário, por causa de uma emergência médica com um adepto.

Nas redes sociais, tanto Fulham como Blackpool confirmaram que um adepto recebeu assistência médica nas bancadas e que foi transportado para um hospital da capital britânica, não revelando em que estado se encontrava.

40 minutos depois, o jogo foi retomado, mas o resultado permaneceu inalterado até ao intervalo.

Na segunda parte, apesar do maior domínio do Fulham, o Blackpool mostrou-se sempre perigoso nos lances de contra-ataque e teve a sua ‘recompensa’ aos 57 minutos, por Bowler, que refez a igualdade.

Com Ivan Cavaleiro a assistir no banco de suplentes, a equipa de Marco Silva bem tentou chegar à quinta vitória seguida, mas nunca conseguiu ultrapassar a defesa do Blackpool, formação que segue no 15.º posto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.