O Fulham, comandado pelo treinador português Marco Silva, falhou hoje o regresso matemático à Premier League, ao perder por 2-1 no reduto do ‘afundado’ Derby County, em encontro da 42.ª ronda da segunda divisão do futebol inglês.

Depois do desaire do Nottingham Förest em Luton (1-0), os ‘cottagers’ ficaram a um triunfo da promoção, mas desperdiçaram a oportunidade, ficando a dois pontos da promoção, com cinco jogos ainda por disputar.

O internacional português de sub-21 Fábio Carvalho ainda adiantou o ‘onze’ de Marco Silva, aos 20 minutos, mas, na segunda parte, Luke Plange, aos 51, e Abdul-Nasir Adarabioyo, aos 74, na própria baliza, selaram a reviravolta do ‘onze’ de Wayne Rooney.

No ‘Championship’, que promove diretamente os dois primeiros, o Fulham, que desceu há um ano, lidera, com 83 pontos (41 jogos), contra 74 do Bournemouth (40), 70 do Huddersfield (42), 68 do Luton (42) e 67 do Nottingham (40). O Derby é 22.º, com 31 (42).

O Fulham, que soma 25 vitórias, oito empates e oito derrotas, com 95 golos marcados e 37 sofridos, procura a 16.ª temporada na ‘Premier League’ (criada em 1992/93), na qual se estreou em 2001/02 e tem como melhor registo o sétimo lugar de 2008/09.

Marco Silva ingressou no Fulham em 01 de julho de 2021, depois de passagens por Estoril Praia (2011/12 a 2013/14), Sporting (2014/15), Olympiacos (2015/16), Hull City (2016/17), Watford (2017/18) e Everton (2018/19 e 2019/20).

Com 44 anos, o técnico luso conta no seu palmarés com a vitória na II Liga de Honra em 2011/12, ao serviço do Estoril Praia, o triunfo na Taça de Portugal de 2014/15, pelo Sporting, e a conquista do campeonato grego de 2015/16, pelo Olympiacos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.