Carl Ikeme foi diagnosticado com a doença nos resultados da análises sanguíneas nos exames médicos de pré-temporada.

Os habituais exames de pré-temporada costumam ser uma rotina mas, por vezes, também resultam em notícias muito tristes. Carl Ikeme, guarda-redes do Wolverhampton, foi diagnosticado com leucemia aguda.

Em comunicado divulgado pelo clube inglês, o diagnóstico foi confirmado após as análises sanguíneas realizadas nos testes de pré-temporada.

"É claro dizer que toda a gente no Wolves está chocada e entristecida ao conhecer as novidades do diagnóstico de Carl", referiu Laurie Darlymple, diretor geral do clube treinado por Nuno Espírito Santo.

"Não é preciso dizer que Carl e a sua família vão receber todo o amor e apoio que o Wolves pode dar - estamos com ele a cada passo do caminho para uma recuperação total", referiu o dirigente.

Depois deste diagnóstico, o jogador irá começar imediatamente as sessões de quimioterapia.

Carl Ikeme, de 31 anos, está no Wolverhampton desde 2003/2004, e tem sido o titular da baliza dos 'wolves'. Na temporada passada, realizou 33 partidas e sofreu 35 golos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.