O Palmeiras, de Abel Ferreira, foi eliminado esta quinta-feira pelo São Paulo nos oitavos de final da Taça do Brasil. O treinador português, que venceu o troféu em 2020 com o ‘verdão’, viu a equipa ser afastada no desempate por grandes penalidades, depois de vencer no tempo regulamentar por 2-1 e tendo em conta a derrota sofrida em casa do São Paulo, por 1-0.

“O nosso melhor batedor falhou duas vezes. (…) Estamos tristes, chateados? Estamos. Fizemos um bom jogo na minha opinião? Fizemos. Deveríamos ter passado? Deveríamos. Mas futebol é mágico por isso mesmo, porque mesmo uma equipa produzindo pouco pode passar”, disse no final Abel Ferreira.

Questionado sobre a integração na equipa dos mais recentes reforços, os avançados argentinos José López e Miguel Merentiel, o técnico sublinha que não há "milagres".

"Ninguém faz milagres aqui, isto não é PlayStation. Os atacantes chegam e fazem milagres… Não. É um processo. Chegam a meio da época, têm tempo de adaptação", notou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.