O Athletic Bilbau apurou-se hoje para os quartos de final da Taça do Rei de Espanha em futebol ao derrotar o Tenerife por 4-3, nos penáltis, após um 2-2 no final dos 90 minutos e um 3-3 no prolongamento.

A equipa das Canárias, que milita na II Liga espanhola, abriu o marcador aos oito minutos por Joselu, de grande penalidade, mas Iñaki Williams restabeleceu a igualdade aos 17, num duelo pessoal que se repetiu no tempo regulamentar, com o primeiro a bisar aos 21 e o segundo aos 54, já na segunda parte, o que obrigou a um prolongamento de meia hora.

Neste tempo extra, as duas equipas voltaram a igualar-se, com o Tenerife, mais uma vez, a adiantar-se no marcador, aos 105+1 minutos, por Daniel Gomez, de grande penalidade, e a equipa basca a restabelecer o empate, a três golos, aos 118, por Yuri Berchiche.

Tornou-se então necessário recorrer a uma série de cinco penáltis para cada lado para apurar quem seguiria em frente na Taça do Rei, tendo sido mais competente o Athletic Bilbau, que falhou apenas um castigo máximo enquanto a equipa insular desperdiçou dois.

De realçar o facto de a equipa basca ter atuado desde praticamente o início do jogo com menos um jogador em campo, por expulsão do guarda-redes Iago Herrerin, logo aos dois minutos, devido a uma entrada dura fora da área, o que obrigou ao sacrifício de um defesa, Unai Nuñez, para a entrada do guarda-redes Jikin Ezkieta.

O Tenerife também viu um jogador seu ser expulso (Carlos Ruiz), mas apenas aos 94 minutos, já no decurso do prolongamento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.