As meias-finais da Taça do Rei, em Espanha, não vão contar com os três grandes do futebol espanhol. Os três clubes com maior número de títulos já cairam todos da prova, uns com mais estrondo que outros.

O primeiro a cair e com estrondo foi o Atletico de Madrid, quando nos 16-avos de final foi eliminado pelo Cultura Leonesa, equipa do terceiro escalão espanhol, por 2-1, após prolongamento.

Na última quinta-feira foi a vez dos outros dois outros clubes que mais títulos da La Liga somam caírem, mas nestes casos, contra equipas da mesma divisão.

O Real Madrid foi eliminado em casa pelo Real Sociedad por 3-4, colocando o clube basco nas meias-finais e os 'merengues' fora das 'meias' da Taça, tal como aconteceu na época 2017/2018.

Já o Barcelona, não ficava de fora do último passo antes da final desde 2009/2010 mas voltou a sentir na pele o que é cair nos quartos de final, quando já em período de compensação, o Athletic Bilbao marcou o golo da vitória.

É a primeira vez em 17 anos, que nenhum dos três maiores clubes de Espanha (os que mais campeonatos têm) está presente nas meias-finais da Copa Del Rey.

A última vez foi em 2002/2003 em que os semi-finalistas foram Recreativo, Osasuna, Deportivo e Mallorca, que acabou por vencer a prova.

Será também a primeira vez em 2007/2008 que nenhum dos três estará presente na final. A última final sem Real Madrid, Atletico de Madrid ou FC Barcelona colocou Getafe e Valência frente a frente, com os 'Che' a sairem vencedores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.