Sevilha, Saragoça, da segunda divisão, e Osasuna qualificaram-se, esta terça-feira, para os oitavos de final da Taça do Rei de Espanha, com os últimos a garantirem o êxito só no prolongamento frente a rival mais fraco.

No jogo entre equipas da primeira divisão, o Sevilha, com Rony Lopes no banco, impôs-se ao Levante, de Rúben Vezo e Hernâni, por 3-1.

O brasileiro Fernando, aos 13 minutos, o argentino Lucas Ocampos, aos 46, e o ex-portista Oliver Torres marcaram para o Sevilha, orientado pelo também ex-FC Porto Julen Lopetegui, de pouco valendo o tento solitário de Oscar Duarte, aos 31.

O Osasuna esteve a perder por 2-0 em casa do Recreativo Hulva, da II divisão B, contudo operou a reviravolta, primeiro ao terminar os 90 minutos empatado 2-2: no tempo extra, o golo decisivo foi apontado por Iñigo Pérez, aos 111.

Frente a um conjunto dea primeira divisão, que depois do triunfo no fim de semana sobre o Valência, poupou alguns jogadores, o Saragoça aproveitou a benesse e venceu em casa o Maiorca por 3-1.

Na quarta-feira, destaque para a visita do FC Barcelona ao Ibiza, do Real Madrid ao Unionistas de Salamanca e do Atlético de Madrid ao Cultural Leonesa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.