A Real Sociedad bateu este sábado por 1-0 o rival e vizinho Athletic de Bilbau na final da Taça do Rei de futebol da época 2019/20, em Sevilha, e ergueu o troféu pela terceira vez na sua história. Um golo de grande penalidade de Oyarzabal, aos 63 minutos, decidiu uma partida com poucas oportunidades de golo, muitas faltas e ritmo baixo, dando aos ‘txuri urdin’ o terceiro cetro da prova, depois de 1909 e 1987.

É, de resto, o primeiro troféu principal da história do clube deste essa última conquista em 1987, num palmarés que conta ainda com uma Supertaça, em 1982, e duas Ligas espanholas, em 1981 e 1982.

No final do encontro, quando foi à conferência de imprensa, o técnico da Real Sociedad 'vestiu a pele' de adepto e protagonizou um momento que se tornou viral. Manol Alguacil (jogou na Real Sociedad durante dez anos), avisou os jornalistas sobre o momento: vestiu uma camisola da equipa, pegou num cachecol e começou a cantar com todas as suas forças, como se de um adepto se tratasse.

Veja o vídeo

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.