Com um golo do luso William Carvalho, aos 24 minutos, e outros de Nabil Fekir (27) e Borja Inglesias (50), o Bétis, que ainda teve o guarda-redes Rui Silva entre os suplentes, impôs-se ante o Valladolid (3-0), com Diogo Queirós no ‘onze’.

A grande surpresa, até ao momento, aconteceu em Palma de Maiorca, depois do Baleares (terceiro escalão) bater o favorito Celta de Vigo, por 2-1, face ao ‘bis’ de Jose Martinez (17 e 76), enquanto o Rayo Vallecano, com Bebé e Kevin Rodrigues de início, superou o Mirandês (1-0) pela margem mínima.

Mais cedo, a Real Sociedad foi ao campo do secundário Leganés vencer por 3-2 e garantir a passagem, face ao tento de Alexander Isak (08) e a um ‘bis’ apontado por Mikel Oyazabal (43 e 74). Para os locais, os dois golos de Juan Munoz (60 e 70) não foram suficientes para alterar o desfecho.

O Eibar, que milita na segunda liga, ainda esteve em vantagem até aos 69 minutos, altura em que Josep Gaya e o suplente utilizado Angel (82) operaram a reviravolta para o primodivisionário Maiorca (2-1).

Pelo mesmo resultado, o Valência só confirmou o apuramento para os ‘oitavos’ em casa do Cartagena, já em tempo de compensação do segundo tempo, pelos ‘pés’ do russo Denis Cheryshev, ao 90+2, e quando o internacional português Gonçalo Guedes já tinha sido lançado pelo técnico José Bordalas Jiménez.

No primeiro tempo, Carlos Soler tinha adiantado o clube ‘che’, aos 14 minutos, com a resposta a surgir por Alfredo Ortuno, aos 75, na conversão de uma grande penalidade.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.