A Taça Libertadores, cujo título é detido pelo Flamengo, treinado pelo português Jorge Jesus, foi suspensa entre 15 e 21 de março, devido à pandemia de Covid-19, anunciou hoje a Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol).

“A Conmebol, comprometida com a prevenção do Covid-19, perante o risco da sua propagação e em salvaguarda de jogadores, treinadores, dirigentes, árbitros, comunicação social e adeptos, tomou a decisão de suspender os jogos da Taça Libertadores entre 15 e 21 de março de 2020”, indica o organismo continental.

O Flamengo, que defende o título conquistado na época passada sob o comando técnico de Jorge Jesus, é uma das equipas que participa na principal prova sul-americana de clubes, tal como o Santos, treinado por Jesualdo Ferreira.

A Conmebol adiantou que nas próximas semanas serão efetuados “os necessários ajustes no calendário da Taça Libertadores”, reforçando que a “prioridade neste momento passa por salvaguardar a saúde de toda a família do futebol sul-americano”.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.600 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados já ultrapassa as 125.000 pessoas, registando-se casos em cerca de 120 países e territórios.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde atualizou hoje o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (19), ao passar de 59 para 78, dos quais 69 estão internados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.