O Independiente del Valle do Equador e o Atlético Nacional da Colômbia são os finalistas da Taça Libertadores da América.

Esta madrugada o Independiente del Valle foi até a Argentina vencer o Boca Juniors por 3-2, em jogo da segunda-mão disputada no mítico estádio da La Bombonera.

Os ´Posteros` adiantaram-se no marcador logo aos três minutos por Cristian Pavón mas os equatorianos empataram aos 24 por Luis Caicedo.

No segundo tempo a turma equatoriana sentenciou o encontro com dois golos, por Bryan Cabezas aos 49 e Julio Angulo aos 51. Lodeiro falhou um penálti para o Boca que reduziu nos descontos por Cristian Pavón, insuficiente para evitar nova derrota e eliminação dos argentinos.

Na outra meia-final, o Atlético Nacional voltou a bater o São Paulo, agora por 2-1. Em jogo realizado na madrugada de quinta-feira em Medellín, Calleri deu vantagem aos brasileiros aos sete minutos mas Miguel Borja, que já tinha marcado os dois golos na primeira-mão, voltou a fazer estragos na defensiva do São Paulo, que não contou com Maicon, expulso no primeiro jogo com vermelho direto.

Também neste segundo jogo o São Paulo voltou a ter jogadores expulsos: Diego Lugano e Wesley viram vermelho aos 79 minutos.

Sendo assim, teremos uma final sem qualquer clube brasileiro ou argentino, algo que não acontecia há 25 anos.

Em 1991, Colo Colo do Chile e Olimpia do Paraguai jogaram a decisão do torneio, com a equipa chilena a ficar com o títilo. Em toda a história da Taç Libertadores, iniciada em 1960, apenas em sete ocasiões a final não teve equipas brasileiras ou argentinas.

Finais da Libertadores sem brasileiros e argentinos

1960 – Peñarol (URU) x Olimpia (PAR)

1982 – Peñarol (URU) x Cobreloa (CHI)

1987 – Peñarol (URU) x América de Cali (COL)

1989 – Atlético Nacional (COL) x Olimpia (PAR)

1990 – Olimpia (PAR) x Barcelona (EQU)

1991 – Colo Colo (CHI) x Olimpia (PAR)

2016 – Atlético Nacional (COL) x Independiente del Valle (EQU)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.