O Nápoles apurou-se hoje para a final da Taça de Itália de futebol, sob o olhar atento de Diego Maradona, depois de vencer o AS Roma por 3-0 na segunda mão das meias-finais.

A presença do antigo futebolista argentino parece ter inspirado a equipa da casa, que conseguiu reverter a derrota por 2-1 da primeira mão com três golos celebrados efusivamente nas bancadas.

O espanhol Callejón inaugurou o marcador, aos 33 minutos, e assistiu o argentino Higuaín, aos 48 minutos, para o segundo golo napolitano.

Três minutos depois o brasileiro Jorginho fez o golo que garantiu o apuramento do Nápoles para a final da Taça de Itália, na qual encontrará a Fiorentina.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.