A Juventus capitalizou hoje o triunfo obtido em Milão e apurou-se, pela 20.ª vez, para a final da Taça de Itália de futebol, ao empatar 0-0 na receção ao Inter, em jogo da segunda mão das meias-finais.

Uma semana depois de ter vencido por 2-1 no Giuseppe Meazza, com dois golos do português Cristiano Ronaldo, o conjunto orientado por Andrea Pirlo conseguiu segurar a vantagem alcançada na primeira mão.

Os ‘nerazzurri’ ainda ameaçaram o golo em Turim, particularmente na primeira parte, por intermédio do belga Romelu Lukaku, só que os ‘bianconeri’ também poderiam ter marcado, no segundo tempo, em duas situações criadas pelo avançado internacional luso, ambas negadas pelo guarda-redes Samir Handanovic.

A Juventus, recordista de troféus da prova (13) e que na época passada perdeu a final para o Nápoles, volta a 'carimbar' um lugar na decisão da Taça de Itália, sendo esta a sétima presença nas últimas 10 temporadas.

Na decisão, o emblema de Turim até poderá reencontrar o Nápoles, que disputa a outra meia-final diante da Atalanta. Os napolitanos jogam em Bérgamo na quarta-feira, após o empate 0-0 registado na primeira mão, no San Paolo.

Na próxima semana, em 17 de fevereiro, a Juventus visita o FC Porto, na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

*Artigo atualizado às 22h05

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.