A Juventus está na final da Taça de Italia. A formação de Massimiliano Allegri saiu derrotada na visita ao Nápoles por 3-2 mas beneficiou da vitória na primeira-mão para passar. Na final a ´Juve` vai defrontar a AS Roma que afastou a Lázio.


No jogo da primeira-mão, disputado a 28 de fevereiro, a Juventus venceu em casa por 3-1, num encontro muito polémico. A Vecchia Signora fez dois golos de grande penalidade por Dybala, em dois lances que enfureceram os napolitanos.

Na noite desta quinta-feira a Juventus foi a primeira a marcar por Gonzalo Higuaín, aos 32 minutos. O argentino, que já tinha marcado na primeira-mão, dava vantagem à ´Juve`, marcando contra a sua antiga equipa.

Marek Hamsik respondeu aos 53 e empatou mas aos 59 Higuaín voltou a marcar, bisando no encontro. Dries Mertens fez o 2-2 aos 61, aos 67 foi Lorenzo Insigne a colocar o Nápoles em vantagem pela primeira vez. Quatro golos em menos de 14 minutos.

Até ao final o Nápoles tentou forçar o quarto golo mas não conseguiu.

Na final a Juventus vai medir forças com a AS Roma que eliminou a Lázio, no dérbi romano.