O Paris Saint-Germain apurou-se hoje para a final da Taça de França de futebol pela sétima vez seguida, ao impor-se por 6-5 ao Montpellier, no desempate por grandes penalidades, após o empate 2-2 registado no tempo regulamentar.

Os parisienses, que são os detentores do troféu, inauguraram o marcador aos 10 minutos, por intermédio do ‘inevitável’ Kylian Mbappé, mas a formação da casa repôs a igualdade em cima do intervalo, por Gaetan Laborde, aos 45.

Mbappé bisou aos 50 minutos e devolveu a dianteira do marcador ao PSG, que, mais uma vez, não soube segurar a vantagem e acabou por consentir o tento do empate, aos 83, da autoria do argelino Andy Delort, pouco depois de o internacional português Danilo Pereira ter sido lançado por Mauricio Pochettino.

Face ao empate no final do tempo regulamentar, e sem direito a prolongamento, o encontro acabou por ser decidido da marca de grande penalidade, com Solomon Sambia a falhar o último pontapé do Montpellier e a permitir que Moise Kean sentenciasse o duelo logo de seguida.

O PSG, recordista de troféus da Taça da França (13), apurou-se pela 19.ª vez - a sétima seguida - para a decisão da competição, na qual vai defrontar o Rumilly-Vallières, do quarto escalão, ou o Mónaco, que na quinta-feira disputam a outra meia-final.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.