Raphael Guerreiro voltou hoje à competição, após quatro meses de ausência por lesão, alinhando na vitória por 5-0 do Borussia de Dortmund em Magdeburgo, para a Taça da Alemanha em futebol.

O lateral-esquerdo português fraturou o pé esquerdo ao serviço da seleção de Portugal, na Taça das Confederações, e desde então não tem sido opção, nem para a seleção nem para o clube.

Agora, na segunda eliminatória da Taça da Alemanha, regressou finalmente à lista de convocados do líder da 'Bundesliga' e foi lançado no jogo aos 63 minutos, quando o jogo já estava decidido, com uma vantagem de dois golos dos visitantes.

Na última época, Raphael Guerreiro participou em 35 jogos do emblema alemão e apontou sete golos.

Hoje, a figura foi o jovem sueco Alexander Isak, com uma assistência e um golo.

Gonzalo Castro fez o primeiro, a passe de Isak, ao minuto 42, e o sueco elevou aos 47. De grande penalidade, o ucraniano Yarmolenko elevou (73), o espanhol Marc Bartra ampliou (79) e o japonês Kagawa fechou (90).

Também a jogar contra uma equipa de escalão secundário, o Eintracht Frankfurt goleou o Schweinfurt, igualmente por 4-0.

A lei do mais forte também se fez sentir em Wiesbaden, onde o Schalke 04 ganhou 3-1, em Dusseldorf, onde o Borussia Moenchenglasbach passou por 1-0 e em Leverkusen, onde o Bayer venceu o Union Berlin, 4-1, enquanto o Mainz apenas se conseguiu impor ao Holstein Kiel no prolongamento, vencendo por 3-2, após 2-2 no tempo regulamentar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.