Denzel Dumfries, defesa do PSV, foi afastado dos treinos coletivos da equipa até ao final da temporada, depois de ter participado numa manifestação anti-racismo que decorreu na Holanda.

Em causa, explica o emblema de Eindhoven em comunicado, está apenas a saúde dos restantes jogadores do plantel, que não podia ser garantida após o holandês ter estado em contacto com milhares de pessoas.

O clube esclarece ainda que compreende a presença de Dumfries no protesto, um dos muitos que têm acontecido em todo o mundo após a morte de George Floyd.

Assim sendo, o lateral direito vai trabalhar de forma individual em casa até 10 de junho, dia em que o PSV encerra a temporada.

Recorde-se que o campeonato holandês já foi dado como concluído devido à pandemia da COVID-19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.