O fundo Doyen Sports lamentou esta quinta-feira, em comunicado, que a Federação Holandesa de Futebol (KNVB) tenha despromovido o Twente à segunda divisão, fundamentada por aquele organismo com o não cumprimento do plano de recuperação financeira.

"O clube fez esforços significativos no passado e pediu o apoio da Doyen. Quando nos aproximámos do clube, nenhuma outra entidade ou investidor queria assegurar o financiamento pedido", defende a Doyen, argumentando que o acordo não violava as regras da ligação a fundos (TPI), que só se tornaram efetivas há um ano.

Na base do castigo ao clube de Enschade estiveram revelações do Football Leaks, segundo as quais terá havido transações de jogadores entre o clube e o fundo Doyen, já depois de serem proibidas pela FIFA e pela KNVB.

Pelos mesmos motivos, já em dezembro passado o Twente foi afastado das competições europeias de clubes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.