O selecionador nacional considerou, ao contrário de Ronaldo, que a equipa «não fez um bom jogo» e que «o resultado foi justo».

«Aquilo que pretendíamos era colocar em prática o que trabalhamos durante a semana. Tivemos muitas dificuldades na primeira parte, imprimimos um ritmo lento, com muitos toques na bola. Tirando duas situações de bola parada e mais uma finalização do Quaresma, tivemos poucas oportunidades», disse no flash interview da RTP, acrescentando que a Seleção «na segunda parte não esteve bem no último passe e em situações de cruzamento», ainda que «numa ou noutra situação pudesse ter resolvido».

«Em função do que fizemos e do adversário, foi um resultado justo», admitiu.

Paulo Bento assume que o empate «não preocupa».

«Gostaríamos de ter ganho, de ter jogado melhor, mas é um jogo de preparação e aproveitamos para ver outras situações, como o Nani por dentro, a jogar no interior», salientou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.