A Espanha vai defrontar a Bélgica esta terça-feira, sob fortes medidas de segurança. O selecionador espanhol, Vicente del Bosque, afirmou que se sente seguro.

“Viemos para um jogo de futebol e não temos medo. Sentimo-nos seguros aqui, fomos muito bem recebidos”, disse Vicente del Bosque em conferência.

O treinador referiu ainda que não encontra motivos para o Euro2016 ter um novo anfitrião.

“Gostava que o Euro fosse em França. Penso que mudá-lo seria seguir na linha do que querem os terroristas”, afirmou.

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou no sábado, em comunicado, os atentados de sexta-feira em Paris, que causaram pelo menos 129 mortos, entre os quais dois portugueses.

De acordo com o último balanço feito pelos hospitais, das 415 pessoas que foram atendidas nos hospitais após os ataques, pelo menos 42 feridos continuavam no domingo à tarde em vigilância intensiva em unidades de reanimação.

Os ataques, perpetrados por pelo menos sete terroristas, que morreram, ocorreram em vários locais da cidade, entre eles uma sala de espetáculos e o Stade de France, onde decorria um jogo de futebol entre as seleções de França e da Alemanha.

A França decretou o estado de emergência e restabeleceu o controlo de fronteiras na sequência daquilo que o presidente francês François Hollande classificou como “ataques terroristas sem precedentes no país”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.