Portugal alcançou hoje pela primeira vez na sua história a marca de oito vitórias seguidas em jogos oficiais, ao golear na Bósnia-Herzegovina, por 5-0 na fase de qualificação para o Euro2024 de futebol.

Em Zenica, no Estádio Bilino Polje, Cristiano Ronaldo (dois), Bruno Fernandes, João Cancelo e João Félix fizeram os golos do histórico triunfo luso, que também confirmou a conquista do Grupo J com oito jornadas disputadas, numa partida em que a seleção nacional entrou em campo já com o apuramento garantido.

Veja as melhores imagens do jogo

Após o recorde das inéditas seis vitórias seguidas num arranque de uma fase de apuramento para uma grande competição, Roberto Martínez tirou agora do ‘trono’ Fernando Santos, que alcançou sete de ‘rajada’ no caminho para o Euro2016, naquele que era até hoje o recorde máximo de triunfos seguidos lusos em jogos a ‘doer’.

A seleção lusa começou com goleadas ao Liechtenstein (4-0) e no Luxemburgo (6-0), prosseguiu com um 3-0 à Bósnia-Herzegovina, em casa, e continuou com duas vitórias tangenciais, na Islândia (1-0) e na Eslováquia (1-0). O sexto triunfo foi um inédito 9-0 ao Luxemburgo, que superou mais um recorde luso, este de maior goleada da história, e o 3-2 sobre os eslovacos, no Porto, que assegurou a melhor qualificação de sempre.

Já com Fernando Santos, após um inesperado desaire caseiro com a Albânia (0-1, em Aveiro), no início da caminhada rumo ao Euro2016, Paulo Bento cedeu o lugar ao futuro selecionador campeão europeu, que venceu os sete restantes encontros de qualificação, todos pela margem mínima.

A formação das ‘quinas’ começou por vencer na Dinamarca (1-0) e, depois, ganhou em casa à Arménia (1-0) e à Sérvia (2-1), foi triunfar a Erevan (2-1), ‘vingou-se’ da Albânia (1-0), em Elbasan, e, na penúltima ronda, selou o apuramento com um triunfo caseiro face aos dinamarqueses (1-0), em Braga.

O então ímpar sétimo triunfo consecutivo em jogos oficiais foi conseguido em 11 de outubro de 2015, em Belgrado, com a seleção nacional a impor-se por 2-1 à Sérvia, com tentos de Nani e João Moutinho.

Depois, Portugal não conseguiu somar a oitava vitória de ‘rajada’, ao estrear-se na fase final do Euro2016 com um empate a um golo diante da Islândia (1-1) – a campanha seria quase toda aos ‘trambolhões’, mas acabou com o título europeu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.