O guarda-redes Pedro Silva disse hoje que a seleção portuguesa de futebol de sub-19 “está muito tranquila e confiante”, a dois dias da estreia no Europeu da categoria, a decorrer na Alemanha.

Portugal defronta na segunda-feira a Áustria, em Grossaspach (18:00 de Lisboa), seguindo-se os encontros frente à anfitriã Alemanha, a 14, no mesmo recinto (18:30), e com a Itália, a 17, em Estugarda (18:30).

"A equipa está muito tranquila e confiante. Brincamos quando é para brincar, mas quando é para concentrar também nos concentramos e fazemos o nosso trabalho”, disse o guarda-redes, em declarações reproduzidas na página da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Pedro Silva, que representa o Sporting, diz que estar no Europeu é uma “oportunidade incrível”, depois de ter estado em 2014 no Europeu de sub-17, em Malta, competição em que Portugal perdeu nas meias-finais com a Inglaterra (2-0).

No grupo A, Portugal tem como adversários a Áustria, Alemanha e Itália e o guarda-redes recorreu à comparação com o Euro2016 para explicar que neste tipo de competições não há equipas mais fracas.

"Já vimos no Europeu de França que não há nomes mais desconhecidos nem equipas mais fracas. Se é uma seleção, não há mais fracos. São todos bons", lembrando que todas tiverem que passar por uma qualificação, uma triagem para esta fase final.

Os dois primeiros de cada grupo ‘cruzam-se’ nas meias-finais e os quatro semifinalistas garantem desde logo a qualificação para o Mundial de sub-20, a disputar de 20 de maio a 11 de junho do próximo ano, na Coreia do Sul.

Os terceiros classificados de cada grupo vão jogar um ‘play-off’ de acesso ao Mundial, para determinar a última vaga atribuída ao continente europeu, que contará com cinco representantes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.