Um ‘bis’ do suplente Javi Puado permitiu hoje à Espanha vencer a Croácia por 2-1, após prolongamento, e qualificar-se para as meias-finais do Europeu de futebol de sub-21, colocando-se na ‘rota’ de Portugal.

No Estádio Liudski vrt, em Maribor, na Eslovénia, o avançado do Espanyol adiantou os espanhóis aos 66 minutos, oito após render Fer Niño, e, no tempo extra, apontou o segundo, aos 110, com muita classe, depois de contornar o guarda-redes contrário.

Pelo meio, aos 90+4 minutos, os croatas restabeleceram a igualdade, forçando o prolongamento, com um tento de Luka Ivanusev, que marcou de grande penalidade, a castigar falta de Hugo Guillamón sobre Stipe Biuk.

A Espanha é a seleção com mais triunfos na prova, com um total de cinco (1986, 1998, 2011, 2013, 2019), os mesmos da Itália (1992, 1994, 1996, 2000, 2004), que hoje defronta Portugal, em Ljubljana, a partir das 20:00 (em Lisboa).

Por seu lado, os Países Baixos qualificaram-se para as meias-finais, ao baterem a França também por 2-1, e igualmente graças a um bis’, no caso de Myron Boadu, que marcou o segundo já em tempo de descontos.

No Új Bozsik Stadium, em Budapeste, o avançado do AZ Alkmaar, de 20 anos, foi a grande figura da formação ‘laranja’, campeão europeia da categoria em 2006 e 2007, ao marcar dois golos na segunda parte, aos 51 e 90+3 minutos.

A França, vencedora da prova em 1988, chegou ao intervalo na frente, graças a um tento apontado aos 23 minutos, pelo defesa Dayot Upamecano, que alinhou em 2020/21 no Leipzig e na próxima época vai reforçar o Bayern Munique.

Nas meias-finais, marcadas para quinta-feira, os Países Baixos vão medir forças com o vencedor do embate entre a Dinamarca e a Alemanha, enquanto a Espanha jogará com Portugal ou Itália.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.