David Simão admitiu este domingo que a seleção portuguesa sub-21 tem de vencer os jogos da jornada dupla de qualificação para o Euro2013 em futebol, frente à Rússia e à Albânia, avançando que a equipa está confiante no sucesso.

«São dois jogos para vencer. Estamos todos com a convicção que podemos sempre fazer mais e melhor nesta qualificação para o Europeu. Tivemos um ou outro deslize que não estava nos nossos planos, nomeadamente o empate em casa com a Polónia [1-1] e a igualdade na Albânia [2-2], mas a nossa confiança manteve-se intacta», explicou o médio emprestado pelo Benfica à Académica, em declarações ao sitio da Federação Portuguesa de Futebol.

O jogador, que se encontra a estagiar em Rio Maior juntamente com os restantes 22 eleitos do selecionador Rui Jorge, garantiu que já está «identificado» com o escalão de sub-21 e com a forma de trabalhar da equipa técnica, acrescentando que a equipa tem «qualidade suficiente” para estar na fase final do Europeu», bastando para tal «acreditar».

«Este ano, a nível de clubes, já tive a experiência de que a vontade e determinação são fundamentais. Quando já ninguém acreditava na manutenção da Académica, a equipa acreditou até ao fim e conseguiu atingir o objetivo. Aqui na Seleção a filosofia é a mesma. A equipa está confiante, sabemos de antemão que é difícil, mas também sabemos que podemos dar uma resposta capaz contra qualquer seleção, como, aliás, já provámos. Confiamos a cem por cento no trabalho que está a ser desenvolvido pelos treinadores», explicou.

Em relação ao primeiro adversário, a Rússia, que a seleção das quinas vai defrontar a 01 de Junho em Barcelos, David Simão afirma que se trata de uma «equipa organizada e muito equilibrada».

O internacional recorda que Portugal esteve a ganhar frente à Rússia no primeiro jogo, mas esta deu a volta ao resultado, e depois, a seleção das quinas «já não teve discernimento para chegar, pelo menos, ao empate».

«Vai ser um jogo bastante importante, como serão os restantes dois jogos. Não vale a pena vencer a Rússia se, depois, não conseguirmos também vencer a Albânia e a Polónia», frisou.

Portugal ocupa o segundo lugar do Grupo 6, com oito pontos, a quatro da líder Rússia, que tem menos um jogo (apenas quatro).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.