A fase final do Campeonato da Europa de futebol de sub-21, que está agendada para 2021, na Hungria e Eslovénia, vai ser dividida em dois períodos temporais, anunciou hoje a UEFA.

A fase qualificação para o torneio, que ainda está em andamento, e onde seleção portuguesa está inserida no grupo 7, seguindo no segundo lugar com quatro jogos disputados, vai prolongar-se nos meses de setembro, outubro e novembro.

Após esta ronda de apuramento, os nove vencedores dos grupos e os cinco melhores classificados serão acompanhados pelos anfitriões Hungria e Eslovénia para uma nova etapa competitiva, com quatro grupos, que será disputada entre 24 a 31 de março do próximo ano, nesses dois países do leste europeu.

Os quatro vencedores dos grupos e os quatro finalistas voltam à Hungria e Eslovénia, entre 31 de maio e 06 de junho para disputarem o torneio final a oito, com eliminações diretas, em quartos de final e meias-finais, até ao derradeiro jogo, que será disputado em Ljubljana, a capital eslovena.

Também hoje a UEFA decidiu que o Campeonato Europeu de sub-19 será, igualmente, disputado em duas fases, que terão ambas como palcos estádios da Irlanda do Norte.

A fase de qualificação, apelidada de Ronda de Elite, onde a seleção portuguesa está inserida no grupo 6, juntamente com Turquia, Croácia e Eslováquia, será disputada entre 31 de agosto e 8 de setembro.

Os apurados dessa ronda inicial serão, posteriormente, integrados numa fase seguinte, já concentrada na Irlanda do Norte, entre 8 e 15 de setembro, onde equipas serão divididas em dois grupos.

Os dois vencedores desses grupos e os dois segundos classificados apuram-se para a fase final, enquanto os dois terceiros colocados participarão num play-off para determinar o quinto equipa qualificada para o Campeonato do Mundo sub-20.

Estes derradeiros jogos da competição de sub-19 jogos serão também disputados na Irlanda do Norte, mas entre 09 e 18 de novembro.

Estas decisões foram hoje anunciadas após uma reunião do Comité Executivo da UEFA, sobre a recalendarização das competições europeias face à pandemia provocada pela pandemia de covid-19, que decidiu atribuir a Lisboa a organização de uma inédita ‘final a oito' da Liga dos Campeões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.