A fase de qualificação do Euro 2024 terminou na passada semana e já são conhecidas 21 das 24 seleções que vão estar na Alemanha, no próximo verão. As últimas três serão conhecidas em março, altura em que serão disputados os play-offs, com base no desempenho na última Liga das Nações, os quais ditarão quem garante os derradeiros três bilhetes para solo germânico.

Mas, mesmo sem ser conhecido o nome desses três países que fecham a lista, o sorteio da fase final do Euro 2024 realiza-se já neste sábado, dia 2 de Dezembro. A cerimónia do sorteio tem início previsto para as 17h00 de Portugal Continental, na Elbphilharmonie, em Hamburgo, na Alemanha.

No sorteio, as seleções serão distribuídas por um quatro potes, de acordo com os seus resultados na fase de grupos de qualificação. A anfitriã Alemanha tem o estatuto de cabeça-de-série no Pote 1. Igualmente no Pote 1 estarão Portugal, França, Espanha, Bélgica, Inglaterra, tudo formações de créditos firmados, candidatas à conquista do troféu, a 11 de julho de 2024, e em quem poderá muito bem valer a pena uma aposta, para quem goste de arriscar no mundo das apostas desportivas.

Portugal foi a única seleção a terminar só com vitórias a fase de qualificação, com um percurso irrepreensível, ostentando o melhor ataque (36 golos marcados) e a melhor defesa (apenas 2 golos sofridos), pelo que lhe tem de ser apontado algum favoritismo. A França ficou igualmente perto de alcançar um registo 100 por cento vitorioso (apenas um empate) e, enquanto vice-campeã mundial, é sempre apontada como favorita. Destaque ainda para a Inglaterra, que também 'passeou' na fase de apuramento (seis vitórias e dois empates) e que, depois de ter perdido a final da última edição da prova, quererá enfim sagrar-se campeã da Europa pela primeira vez.

Se no Pote 1 temos quatro seleções que já ergueram o troféu (Portugal, Alemanha, França e Espanha), no Pote 2 temos apenas uma, a Dinamarca, ao lado de cinco outros países com menos pergaminhos, mas que podem muito bem causar sensação na fase final, como já o fizeram no apuramento: Hungria, Turquia, Roménia, Albânia e Áustria.

Os húngaros, por exemplo, foram outra das seleções a terminar invictas a fase de qualificação, ficando à frente de seleções como Montenegro e Sérvia. Também a Roménia, que volta às fases finais depois de ter falhado a presença no Euro 2020, não perdeu no apuramento e, com uma geração interessante de jogadores, onde se inclui Ianis Hagi, filho do lendário Gheorghe Hagi, sonhará em repetir o feito do EURO 2000, quando chegou aos quartos-de-final depois de ultrapassar uma fase de grupos em que defrontou Portugal, Inglaterra e Alemanha,

E o que esperar de seleções mais modestas, como a Albânia, a Áustria ou a Hungria? Apostaria nalguma delas como grande surpresa da prova?

No Pote 3 também há seleções com as quais é preciso contar. Desde logo, claro, os Países Baixos, vencedores da prova em 1988. Qualidade não lhes falta. E, naturalmente, a Croácia, ainda com o 'eterno' Modric em cena, que tão boa conta de si tem dado em grandes competições nos últimos tempos, como o comprova o 3.º lugar alcançado há um ano, no Mundial 2022. Escócia (outra das surpresas na qualificação), Eslovénia, Eslováquia e Chéquia (finalista vencida em 1996), completam este pote.

Por fim, no Pote 4, encontramos a campeã em título. A Itália não vive um período fácil a nível de seleções, com trocas de treinador e exibições aquém das  expetativas. Falhou o apuramento falhado para o Mundial 2022, voltou a ter dificuldades no apuramento para este Euro 2024 mas defende o troféu e é sempre uma seleção a ter em conta. Não estando no lote de principais favoritas, poderá ser um bom palpite para quem goste de arriscar a apostar no futebol.

Sérvia e Suíça também figuram neste Pote 4, no qual não se conhece o nome de três seleções, as tais que virão do play-off. Um play-off onde estão, entre outras, a Grécia, campeã europeia em 2004, a Polónia, de Lewandowski, presença habitual em fases finais, ou o Luxemburgo, acabado de realizar a sua melhor campanha de qualificação de que há memória.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.