Gareth Southgate assumiu a responsabilidade pela derrota da Inglaterra diante da Itália na final do Euro2020, que acabou por ser decidida na marcação de grandes penalidades.

Da marca dos onze metros, a Itália converteu três dos cinco pontapés, enquanto a Inglaterra anotou apenas dois, com Donnarumma a defender outros dois e Marcus Rashford a atirar ao poste.

"A responsabilidade é minha. Fui eu que decidi quem ia bater os penáltis, conforme o que eles fizeram no treino. Ninguém está por si só. Ganhamos juntos e quando não conseguimos vencer também estamos juntos. Agora, no que toca aos penáltis, a decisão foi minha e isso vai recair sobre os meus ombros", começou por dizer Southgate.

"Em algumas alturas jogámos muito bem, mas depois não conseguimos manter a posse de bola, sobretudo no segundo tempo. Mas não vale a pena estar a criticar, foi uma alegria imensa trabalhar com este grupo", acrescentou o selecionador inglês.

Ainda assim, o treinador fez questão de sublinhar o "orgulho" que sente pelos seus jogadores: "Temos de nos sentir desapontados porque as oportunidades para vencer um troféu são tão raras, mas quando eles refletirem em tudo o que fizeram vão encontrar motivos para ficarem extremamente orgulhosos."

Saiba tudo sobre o Euro2020: fotos, vídeos, infografias, notícias e reportagens

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.