A futebolista internacional inglesa Laura Bassett, que foi colega de Ana Borges no Chelsea, considerou hoje que se Portugal for à imagem da lateral lusa será muito determinado.

“Joguei com a Ana Borges no Chelsea [2013/2014], é uma pessoa fantástica e uma grande colega de equipa. Se a Ana servir de exemplo para Portugal, elas serão muito resilientes e determinadas amanhã [quinta-feira]”, elogiou a central inglesa.

Na conferência de antevisão do jogo, da terceira e última jornada do grupo D, entre Portugal e Inglaterra, falou também o selecionador inglês Mark Sampson, que poderá fazer mudanças em relação aos dois primeiros jogos.

“Com as situações dos amarelos [Steph Houghton e Jill Scott se virem amarelo falham os quartos de final], até o critério de desempate pode ser disciplinar. Temos que ser disciplinados e ter um bom registo”, disse o técnico.

Sampson disse ainda que a Inglaterra tem vindo a crescer e que Casey Stoney, que esteve lesionada, está apta, tendo todo o grupo ao dispor para o jogo diante de Portugal, na quinta-feira às 20:45 de Tilburgo (19:45 de Lisboa).

“Estou entusiasmado para ver se as jogadoras que jogarem amanhã [quinta-feira] elevam a fasquia em relação ao jogo com a Espanha. Queremos continuar a fazer a ‘bola a rolar’ e entrar na fase a eliminar”, acrescentou.

À semelhança do que tem feito neste Europeu, a Inglaterra prescindiu do treino de adaptação ao relvado do Estádio Willem II.

Ainda hoje, o selecionador português Francisco Neto dará a conferência de antevisão, seguindo-se o treino de Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.