O Manchester United viu-se na noite desta sexta-feira afastado da Taça de Inglaterra nos 16 avos-de-final da prova ao perder no desempate por pontapés da marca de grande penalidade em Old Trafford frente ao Middlesbrough, que milita atualmente no segundo escalão do futebol inglês.

Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes e Diogo Dalot foram titulares e os dois primeiros estiveram em evidência durante os 90 minutos, mas pela negativa: Cristiano Ronaldo atirou ao lado na marcação de uma grande penalidade aos 21 minutos e Bruno Fernandes teve um falhanço incrível.

Ainda assim, e já depois de Cristiano Ronaldo (em noite de véspera de aniversário) ter desperdiçado a tal grande penalidade, o  United até ganhou vantagem, com Jadon Sancho a abrir o ativo, assistido por Bruno Fernandes.

Na segunda parte, contudo, o Middlesbrough chegou ao empate, num golo polémico, com D. Watmore a tocar a bola com a mão antes de assistir Matt Crooks para o 1-1. O VAR verificou o lance e deu indicação ao árbitro para validar mesmo o lance.

Depois, com o resultado em 1-1, deu-se o incrível falhanço de Bruno Fernandes e a decisão da partida seguiu mesmo para um prolongamento no qual, apesar de algumas boas oportunidades para as duas equipas, nenhuma marcou.

No desempate por pontapés da marca de grande penalidade Ronaldo redimiu-se e marcou e Bruno Fernandes e Diogo Dalot também não falharam. Aliás, ninguém de nenhum dos lados, falhou até ao 16.º penálti, quando Anthony Elanga, jovem avançado sueco do United, atirou para as nuvens, ditando os festejos do Middlesbrough em Old Trafford.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.