O jornalista Romain Molina publicou esta sexta-feira uma extensa investigação sobre a Federação Francesa de Futebol (FFF) intitulada "40 anos de silêncio", que coloca a nu vários escândalos no seio do organismo. Um deles envolve Élisabeth Loisel, selecionadora da equipa feminina entre 1997 e 2007.

De acordo com Molina, a treinadora, agora com 59 anos, terá forçado jogadoras a ter relações sexuais, a fim de garantirem um lugar nas convocatórias.

Este tipo de abusos terá sido denunciado pelas atletas à Federação Francesa, sendo que a antiga treinadora lidera atualmente o Comité para o futebol feminino da FIFA.

A mesma fonte garante ainda que Noël le GraëT, atual presidente da FFF, enfrenta acusações por encobrir práticas de agressão ou assédio sexual contra jogadoras e funcionárias.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.