A internacional portuguesa Jéssica Silva manifestou hoje a sua felicidade por integrar o plantel de futebol do Benfica, reconhecendo ser "especial" passar a representar a equipa da qual é adepta.

"É especial para mim. Devo dizer que toda a gente sabe que sou benfiquista. Tenho a certeza de que, neste momento, deve estar haver uma festa no céu, pois os meus falecidos pai e avô eram adeptos e sócios. Eles devem estar muito orgulhosos lá em cima e isso torna este momento ainda mais especial. Estou muito feliz e orgulhosa de vestir esta camisola, quero dar tudo por ela,” disse a jogadora.

O Benfica anunciou hoje, em conferência de imprensa, a contratação da internacional portuguesa, de 27 anos, jogadora que alinhou em clubes como Lyon (França) e Kansas City (Estados Unidos) e regressa ao futebol português quatro épocas depois de ter rumado ao Levante (Espanha), proveniente do Sporting de Braga.

A jogadora, que conquistou a Liga dos Campeões em 2019/20 ao serviço do Lyon, sublinhou que o regresso a Portugal não teve que ver com motivação financeira, mas sim com a dedicação ao crescimento do futebol feminino no país.

“Costumo dizer que não jogo futebol só por mim ou para ganhar dinheiro, acredito que daqui a uns anos vai haver muitas mais miúdas a jogar e a serem jogadoras profissionais e é importante que haja um trabalho estruturado. É importante haver clubes como o Benfica a apostarem no trabalho da mulher, a acreditarem no potencial da mulher e foi o que me fez vir para este grande clube”, acrescentou.

A apresentação de Jéssica Silva esteve prevista para quinta-feia, mas a mesma foi adiada por 24 horas, tendo o vice-presidente do Benfica e responsável máximo pelo futebol feminino 'encarnado', Fernando Tavares, e a própria jogadora apresentado as suas desculpas pelo eventual incómodo causado.

A avançada, natural de Vila Nova de Milfontes, detém no seu historial a Liga dos Campeões de 2019/20 e um campeonato francês, conquistados ao serviço do Lyon, duas Taças da Suécia, a representar o Linkoping, depois de ter envergado as camisolas de União Ferreirense e Albergaria.

Jéssica Silva, que falhou por lesão a única presença de Portugal na fase final de um campeonato da Europa, em 2017, conta nove golos nas 80 vezes que vestiu a camisola da seleção portuguesa.

A jogadora assinou contrato com os ‘encarnados’ até 2025.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.