Portugal garantiu hoje, um lugar no ‘play-off’ Intercontinental de acesso ao Mundial feminino de 2023, ao vencer a Islândia por 4-1, após prolongamento, na segunda ronda do ‘play-off’ europeu, em Paços de Ferreira.

Carole Costa, aos 54 minutos, de penálti, Diana Silva, aos 92, Tatiana Pinto, aos 108, e Kika Nazareth, aos 120+1, marcaram os golos lusos, enquanto Glódís Viggósdóttir faturou, aos 59, para as islandesas, após a expulsão de Áuslaug Gunnlaugsdóttir, aos 52.

Portugal procura a presença inédita numa fase final de um Mundial, que em 2023 irá realizar-se na Austrália e Nova Zelândia.

Veja as melhores imagens do jogo

A Islândia foi a primeira equipa a marcar, logo aos 51 minutos, por Jónsdóttir, mas o golo foi anulado pelo VAR por fora de jogo.

Passada a contrariedade, Portugal respirou e ficou a jogar com mais um aos 51 minutos. Andreia Norton atirou ao poste mas o VAR descobriu uma falta na jogada, chamou a árbitra que, após rever as imagens, assinalou grande penalidade e mostrou vermelho direto a Gunnlaugsdóttir. Na conversão, Carole Costa atirou para esquerda, enganando a guarda-redes contrário e fez o 1-0.

Mesmo a jogar com menos um, a Islândia vai empatar aos 59 minutos. Na sequência de livre lateral, a guardiã lusa Patrícia Morais ficou a meio caminho e Viggósdóttir, defesa central, atirou de cabeça para o 1-1.

Aos 79 minutos a árbitra assinalou braço na bola de Jóhannsdóttir na área islandesa e deu penálti para Portugal mas, mais uma vez, alertado pelo VAR, reviu as imagens e anulou o penálti.

Apesar das oportunidades de ambas as formações nos 90 minutos, o jogo foi para prolongamento. E aí Portugal foi mais forte.

Fez o 2-1 aos 92 minutos por Diana Silva. A avançada tirou duas adversárias do caminho e atirou a contar, já com a guardião islandesa no chão.

Aos 108 minutos chegou o 3-1 por Tatiana Pinto. Centro de Andreia Jacinto e a número 11 de Portugal a marcar, num lance onde teve sorte nos ressaltos.

Nos descontos do prolongamento, Kika Nazareth marcou e confirmou a goleada por 4-1, após passar por duas adversárias.

Portugal procura a presença inédita numa fase final de um Mundial, que em 2023 irá realizar-se na Austrália e Nova Zelândia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.