Mariana Cabral é a nova treinadora da equipa feminina do Sporting, depois da saída de Susana Cova do comando da equipa, no início do mês.

A treinadora de 33 anos está no Sporting desde o início do projeto feminino de futebol, em 2016, tendo assumido o comando de escalões de formação femininos, antes de assumir o comando da equipa B, que liderou na época passada.

A acompanhar a técnica estão os adjuntos Beatriz Teixeira e João Almeida Rosa, Gonçalo Xavier (treinador de guarda-redes), Nuno Ribeiro (preparador físico) e João Mateus (analista).

Em declarações ao clube, Mariana Cabral mostrou o desejo e a vontade de colocar a equipa a "lutar constantemente por títulos".

"Vamos, desde o primeiro dia, tentar ganhar com um futebol que envolva os Sócios e adeptos e que traga mais gente aos estádios. Que consiga levar mais pessoas a ligarem a televisão para verem futebol feminino. É isso que nos interessa: valorizar o Clube e valorizar o futebol feminino", disse.

Aquando da apresentação, Mariana Cabral agradeceu "toda a confiança depositada" pela direção do clube e assumiu que esta está ciente da exigência e da responsabilidade que tem aos ombros.

"Sabemos que há dúvidas, mas toda a vontade que temos é muito superior a quaisquer dúvidas que possam existir. Esse é o primeiro passo. Depois sabemos que no futebol a lei é a lei das vitórias. Neste clube, que em todas as modalidades prima por vitórias nacionais e europeias, mais ainda. Temos uma fasquia muito alta e o futebol feminino não quer fugir a esse patamar", afirmou.

Mariana Cabral promete uma equipa "muito competitiva e ambiciosa", com "jogadoras mais novas, jogadoras mais experientes, jogadoras portuguesas e jogadoras que vêm de fora".

"Jogadoras que queiram estar no Sporting e que mostrem que merecem representar o Sporting. Isso é o principal e o mais importante. Precisamos de envolver toda a gente nesta ideia de que o ADN Sporting é o mais importante. O que nos interessa é que esta mescla entre juventude e experiência possa criar uma equipa mais competitiva para lutar por títulos. Este clube, em qualquer modalidade, existe para isso", acrescentou.

*Artigo atualizado às 19h12

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.