Os avançados Pierre-Emerick Aubameyang (Borussia Dortmund) e Sadio Mané e Mohamed Salah (ambos do Liverpool) são os três finalistas ao prémio de melhor futebolista africano do ano em 2017, anunciou a hoje a Confederação Africana de Futebol (CAF).

Estes três nomes surgem de uma lista inicial de 30, que incluía três jogadores do FC Porto, o maliano Moussa Marega, o argelino Yacine Brahimi e o camaronês Vincent Aboubakar, os dois últimos ainda incluídos numa primeira redução a 11 jogadores.

Os três finalistas à ‘Bola de Ouro’ africana concorrem para suceder ao argelino Ryad Mahrez (Leicester), o melhor em 2016, sendo que Aubameyang já foi distinguido em 2015.

O futebolista africano do ano será anunciado a 04 de janeiro, em Accra, no Gana, através de uma votação de um painel de selecionadores e diretores técnicos das seleções africanas, membros de um comité da CAF e jornalistas.

Em outros prémios organizados pela CAF, em que os vencedores serão conhecidos no mesmo dia, está a distinção de treinador do ano, clube do ano e seleção nacional do Ano.

Gernot Rohr (Nigéria), Hector Cuper (Egito) e Houcine Ammouta (Wydad Casablanca) são os candidatos a treinador do ano, Al Ahly, TP Mazembe e Wydad a clube do ano e Camarões, Egito e Nigéria a seleção do ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.