A Federação Albanesa de Futebol assegurou hoje que os jogos do campeonato podem ser retomados esta semana, após uma reunião com o governo daquele país, que prometeu cooperar no combate à violência nos estádios.

Durante uma reunião com autoridades, dirigentes de clubes e federações e outros membros do executivo albanês, o primeiro-ministro Edi Rama comprometeu-se a fazer alterações no código penal destinado aos adeptos, uma semana depois da agressão a um árbitro no principal campeonato de futebol do país.

"Temos o exemplo positivo da Inglaterra, onde a violência desapareceu. A expulsão forçada e constante daqueles que ultrapassam a linha vermelha será o primeiro passo que faremos com o parlamento, alterando o código penal e aplicando sentenças de pelo menos três anos", frisou Rama, em declarações publicadas no site oficial do organismo federativo.

O Kamza, último classificado do campeonato albanês, foi punido na quarta-feira com a despromoção ao terceiro escalão, após dirigentes e adeptos do clube terem agredido o árbitro do jogo, na última jornada.

Após o empate caseiro com o Laci (1-1), num encontro em que a equipa visitante chegou à igualdade já em tempo de compensação, de grande penalidade, adeptos do Kamza rodearam e agrediram o árbitro Eldorjan Hamiti, tendo-se juntado às agressões alguns dirigentes do clube.

Além da despromoção, o Kamza foi desclassificado do campeonato desta época e tem de pagar uma multa de um milhão de leques (cerca de oito mil euros). Três dirigentes do clube foram afastados de todas as atividades ligadas ao desporto durante os próximos três anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.