O antigo futebolista internacional jugoslavo Dragan Stojkovic é o novo selecionador da Sérvia, adversária de Portugal no grupo A de qualificação para o Mundial2022, anunciou hoje o vice-presidente da federação daquele país, Marko Pantelic.

Em declarações aos jornalistas sérvios, Pantelic, também ele um antigo jogador, confirmou o acordo entre as duas partes, embora sem revelar a duração do contrato do treinador, que será apresentado na próxima semana.

O técnico, de 55 anos, substitui no cargo Ljubisa Tumbakovic, que foi demitido em dezembro, após falhar o apuramento para o Euro2020, que foi adiado para este ano, devido à pandemia de covid-19.

Dragan Stojkovic, que enquanto jogador representou clubes como Estrela Vermelha, Marselha e Nagoya Grampus, foi um médio criativo que vestiu a camisola da seleção da antiga Jugoslávia por 84 vezes, tendo participado nos europeus de 1984 e de 2000, nos mundiais de 1990 e 1994, e nos Jogos Olímpicos de 1984 e 1988.

Como treinador, comandou o Nagoya Grampus (Japão), o Al-Shamal (Qatar) e o Guangzhou City (China), clube que abandonou em janeiro de 2020.

A Sérvia é uma das adversárias de Portugal no grupo A de qualificação para o Mundial2022, juntamente com República da Irlanda, Luxemburgo e Azerbaijão.

A estreia de Stojkovic à frente da seleção sérvia está agendada para 24 de março, na receção aos irlandeses, sendo que três dias depois defronta Portugal, também em casa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.