A secretária-geral da FIFA, Fatma Samoura, mostrou-se hoje “reconfortada” pelo “apoio total e incondicional” mostrado pelas federações que integram o organismo ao presidente Gianni Infatino, e defendeu que, com ele, a instituição é mais “transparente e responsável”.

“O futebol mundial está fortemente unido pelo presidente da FIFA. Participei pessoalmente nos últimos dias em 25 encontros virtuais entre Infantino e os presidentes de 180 federações membro de todo o mundo e ouvir todos expressarem o seu total e incondicional apoio ao trabalho do presidente é reconfortante”, revelou a secretária-geral.

Samoura salientou o “sentimento forte entre as federações" e considera que, sob a presidência de Infantino, a FIFA é uma instituição "mais transparente, responsável e, acima de tudo, mais bem governada”.

Sobre o processo que decorre contra Infantino, face a supostos atos de conluio por parte do presidente da FIFA e o do procurador-geral da Suíça, Michael Lauber, a secretária da UEFA deu conta de que as federações “expressaram total satisfação com o nível de informação recebida do presidente e administração da FIFA”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.