A Assembleia da República aprovou hoje por unanimidade um voto de congratulação apresentado pelo PSD pela eleição de Cristiano Ronaldo como melhor futebolista do ano pela FIFA.

O voto destaca que o futebolista português, natural da Madeira, recebeu esta distinção pela quinta vez.

“A forma ímpar como superou as adversidades com que se foi deparando ao longo da vida, para alcançar o estatuto de melhor do mundo na sua área, enche de orgulho todo e qualquer concidadão português”, refere o voto, que elogia ainda as “qualidades humanas raras” de Ronaldo.

Para o parlamento português, esta distinção “eleva não só o nome de Portugal como serve também de inspiração para a ambição internacional” dos cidadãos portugueses “em todos os quadrantes profissionais”.

O internacional português Cristiano Ronaldo foi eleito em 23 de outubro pela quinta vez o melhor futebolista do ano da FIFA, prémio agora designado 'The Best', igualando o 'penta' do argentino Lionel Messi.

Depois dos triunfos em 2008, 2013, 2015 e 2016, o jogador do Real Madrid venceu o prémio referente à época 2016/17, já que em votação estava o período compreendido entre 20 de novembro de 2016 e 02 de julho de 2017, no qual Ronaldo marcou 39 golos, em 40 jogos.

Além de Ronaldo, eram finalistas o argentino Lionel Messi (FC Barcelona), eleito o melhor em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2014, e o brasileiro Neymar, pelo qual o Paris Saint-Germain pagou ao 'Barça' 222 milhões de euros no último defeso.

A eleição do 'The Best', anunciada numa cerimónia realizada em Londres, foi feita pelos selecionadores nacionais, os 'capitães' das seleções, jornalistas e público, que votaram entre 21 de agosto e 07 de setembro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.